Notícias

Greves

24 de março! Pare tudo. Mobilize-se. Defenda seus direitos e o Serviço Público

Longe de ser o alecrim dourado como a pintam  o mercado, a Globo e similares, reforma Administrativa trará miséria e dor à maioria da população

 

 

Servidores Públicos de todo o Brasil farão um dia de protestos nesta quarta-feira, 24 de março. A data, definida como um Dia Nacional de Luta em Defesa do Serviço Público e de Vacina para Todos e Todas contará com mobilizações, dia de greve e protestos presenciais e virtuais.

Com o país mergulhado no mais profundo caos político e econômico e com a crise da saúde se agravando pelo compromisso de sangue entre Bolsonaro e os banqueiros para exterminar os pobres e não a pobreza, o governo quer aprovar uma reforma administrativa que não acaba com privilégios e sim, acaba com a oferta de serviços públicos a quem mais precisa: a população mais vulnerada, no geral.

Além de deixar caminho livre para a corrupção e o tráfico de influência, a reforma Administrativa reduz drasticamente a disponibilidade de professores, médicos e servidores no atendimento direto à população. A reforma, em si, piora o atendimento público e fortalece a falsa ideia de que o serviço privado, é melhor. Um erro que usuários de planos de saúde, de serviços de telefonia e uma infinidade de outros que eram públicos no passado e hoje estão entregues à iniciativa privada, sabem muito bem como não funcionam.

O momento é de unidade com todas as categorias do funcionalismo para destruir os projetos de reforma do governo que pretendem acabar com os serviços e desmantelar o estado brasileiro. A Fenajufe  conclama os sindicatos  de base  a fortalecerem as mobilizações nos estados.

Em ofício encaminhado aos sindicatos da base, assinado pelos plantonistas Fabiano dos Santos e Thiago Duarte, a Fenajufe orientou que as entidades reforcem a participação no 24M.

Veja o que está previsto:

Fenajufe

Orienta à adesão do calendário do Fonasefe, tendo deliberado o 24/3 como DIA NACIONAL DE LUTAS CONTRA A REFORMA ADMINISTRATIVA, com realização de atividades diversas como MANIFESTAÇÕES, PARALISAÇÕES ou GREVE DE 24 HORAS, por todo o país, reforçando as mobilizações mais avançadas e respeitando aquelas ainda em processo de construção, com mais dificuldades para mobilizar neste momento de pandemia

Porém, os Sindicatos que não conseguiram construir a Greve como uma opção de luta para o dia 24 de março, tem como opção outras formas de mobilização, como carreatas, pressão parlamentar virtual ou mesmo reunião dos servidores em uma grande live de formação e orientações de luta.

Ainda assim, a Fenajufe orienta as entidades se articularem nos Fóruns estaduais a fim de organizar atividades que garantam a segurança dos manifestantes e ao mesmo tempo darem visibilidade na cidade, como carreatas, por exemplo.

Por fim, a Federação orienta os sindicatos filiados a buscarem os demais sindicatos locais e do seu Estado para juntos, nos Fóruns estaduais, construírem o dia 24/3 como um grande DIA DE LUTA e envolvimento dos servidores e servidoras do PJU e MPU para se engajarem nesta luta imprescindível e necessária para garantir a manutenção do direito da população ao acesso a serviços públicos gratuitos e de qualidade e de vacina para todos.

A Fenajufe também realizou, em 23 de março, pela manhã, ao lado das demais entidades do Movimento a Serviço do Brasil, um webinário com a participação da Influenciadora Digital Rita Von Hunty, do canal Tempero Drag, discutindo os impactos da regorma administrativa para toda a população e o que representa, o fim da estabilidade:

Também na quinta-feira passada, como parte do calendário de atividades contra a reforma administrativa e pelos 21 de ativismo pela erradicação da violência contra meulheres, o Sala de Entrevista da Fenajufe debateu o Impacto da PEC 32 na vida das Mulheres, com participação da Juiza do Trabalho Valdete Severo Souto e da deputada Erika Kokay (PT/DF):

 

Sintrajusc/SC:

Carros de som em Florianópolis e nas maiores cidades do estado e emissoras de rádio, divulgarão mensagem em defesa dos serviços e dos servidores públicos. A ação é iniciativa de diversos sindicatos, incluindo o Sintrajusc.

Serão realizadas duas lives na quarta-feira, 24. Uma às 14h e outras às 17h, sobre a Reforma Administrativa, com o tema “Fim da estabilidade e redução de salário: o assunto interessa?;

Ao longo do dia serão divulgadas fotos de servidores e servidoras com cartazes em defesa dos serviços públicos, formando um Mural Virtual, com as frases:

- PEC 32 = REDUÇÃO DE SALÁRIO E FIM DA ESTABILIDADE PARA SERVIDORES PÚBLICOS;

- NÃO À REFORMA ADMINISTRATIVA, SIM AO SUS!

 

Sindjufe/BA

Paralisação de 24 horas.

10h - Aula Pública: Serviços Públicos, Pandemia e Defesa da Vida
- Plinio de Arruda Sampaio Junior (Prof. de Economia da Unicamp);
- Domingos Alves (Prof. de Medicina da USP);
- Flavia Bischain Rosa (Profa. da Rede Pública de SP);

12h às 14h - Twitaço com a hashtag #DerrubaPEC32;

14h - Sala de Luta: (Judiciário Federal e MPU) Reforma Administrativa, Teletrabalho e Assédio Moral
- César Rodolfo Sasso Lignelli (Advogado do Sintrajud-SP);

 

Sindiquinze

O Sindiquinze realiza, na tarde desta quarta-feira (24), uma live que debaterá a Reforma Administrativa, Vacina Já, Emprego e o auxílio emergencial. A transmissão é parte das ações de mobilização para o Dia Nacional de Lutas contra a Reforma Administrativa.

A transmissão acontece a partir das 17 horas via Youtube do sindicato em: https://youtu.be/a84E9JDQwN0              

O Sindiquinze realiza, na tarde desta quarta-feira (24), uma live que debaterá a Reforma Administrativa, Vacina Já, Emprego e o auxílio emergencial. A transmissão é parte das ações de mobilização para o Dia Nacional de Lutas contra a Reforma Administrativa.

A transmissão acontece a partir das 17 horas via Youtube do sindicato em: https://youtu.be/a84E9JDQwN0              

 

Sintrajud

Às 10 horas será transmitida via o Facebook e o canal no Youtube do Sindicato e aqui pelo site a aula pública ‘Enfrentamento à pandemia e defesa dos serviços públicos e dos direitos’, com a participação dos professores Plinio de Arruda Sampaio Jr. (aposentado do Instituto de Economia da Unicamp), Flávia Bischain (professora da rede estadual e integrante da secretaria executiva da CSP-Conlutas) e Domingos Alves (docente da Faculdade de Medicina da USP/Ribeirão Preto). Clique aqui e acessea sala Zoom da atividade para participar.

Ao meio-dia, a categoria está convocada a participar do tuitaço nacional contra a PEC 32/2020 (ação de mobilização digital pelo Twitter).

Entre 14h e 17h, o Sindicato disponibilizará também por meio da plataforma Zoom uma ‘Sala de Luta’. O espaço será uma oportunidade para sanar dúvidas sobre a PEC 32 e seus impactos para os servidores — com a presença do advogado César Lignelli, coordenador do deptº Jurídico do Sintrajud —, para que os servidore tragam relatos sobre a realidade do seu local de trabalho e para debater iniciativas de luta contra os ataques do governo. Clique aqui e participe (esta atividade não terá transmissão online).

A aula pública e a ‘Sala de Luta’ vão contar com a participação de servidores do PJU mobilizados em outros estados do país, dado o caráter nacional da jornada também para a categoria.

 

Sisejufe

16h – Sisejufe ao Vivo, com o tema “Mulheres contra a Reforma Administrativa”. Para assistir, basta acessar o link sisejufe.org.br/aovivo no horário marcado. As convidadas são: Rosangela Costa, que é coordenadora da Mulher Trabalhadora da Fasubra Sindical; Andréa Ferreira, coordenadora Adjunta do Sindjus/PR; Ana Paula Cusinato, servidora do MPDFT/MPU e secretária de Comunicação da CUT-DF; Erilza Galvão dos Santos, que é servidora pública federal, aposentada pela UFBA-FACED e dirigente da Executiva do SINTSEF/ BA e da CONDSEF; e Lucena Pacheco, representando a Fenajufe. A mediação será feita pela diretora do Sisejufe, Soraia Marca.

19h – Aula aberta que marcará a estreia do Curso de Teatro do Sisejufe. Será uma conversa com o ator e professor de teatro André Arteche sobre o texto Gota D’Água, de Chico Buarque e Paulo Pontes.

19h – Twittaço – adesão ao twittaço organizado pela Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público.

20h – Projeções de slides com os cards dos deputados do Rio que votaram a favor da PEC 186 na Rodoviária de Brasília/DF e no Humaitá/RJ. Atividade será realizada em parceria com o Fosperj.

Campanha no Instagram com mensagens contra a reforma e em defesa do serviço público, com participação de servidores do RJ e de outros Estados.              

 

Sintrajufe/RS

7h – Colocação, em conjunto com outras entidades, de faixas em diversos pontos de Porto Alegre denunciando a reforma e o governo Bolsonaro

10h – Ato público unificado com outras categorias de servidores, na Praça da Matriz

15h30min – Live do Sintrajufe/RS sobre a reforma administrativa

18h30min – Live do Sintrajufe/RS com o tema “Violências contra as mulheres: Não se cale! Denuncie!” (evento organizado anteriormente para essa data)

Durante todo o dia – Paralisação de 24 horas

Durante todo o dia – Construção de mural virtual com envio, pelos colegas, de fotos com cartazes e vídeos de até 15 segundos contra a reforma administrativa

 

Sitraemg

9h30 – Realiza carreata contra a Reforma Administrativa e a favor da vacinação contra a Covid-19, em Belo Horizonte. A concentração será às 9 horas, na Praça da Estação.

A atividade é organizada pelo Sitraemg, juntamente com a Frente Mineira em Defesa do Serviço Público, o Fórum de Mineiros e dezenas de sindicatos que integram esses coletivos.

 

Sindjus/AL

É dia de desconectar-se do PJE e conectar-se com a programação virtual da paralisação no Google Meet, acessando: meet.google.com/cmj-myhp-nqp

Nesta quarta-feira (24), os servidores do Judiciário Federal participam da paralisação nacional de 24 horas em defesa dos serviços públicos, pela vacinação para todos(as) e contra a reforma administrativa, PEC 32. Para isso, o Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário Federal em Alagoas (Sindjus-AL) criou uma sala virtual de concentração pelo Google Meet, acessando o link: meet.google.com/cmj-myhp-nqp, a partir das 9 horas.

 

Sindissétima

Na próxima quarta, 24 de Março, às 9h, teremos o ATO NA WEB em defesa dos serviços públicos. Esta ação é parte do Dia Nacional em Defesa do Serviço Público. 

Será transmitido pelo:

Site: http://forumservicopublicoceara.org.br
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCQwqPyoDcO6BuhDIGAJUy-g
Facebook: https://www.facebook.com/fpservicopublico/
Twitter: https://twitter.com/ForumDefesa 

 

Sindjus/DF

Amanhã (24/3), a partir das 9h, acontece o Twittaço em defesa do serviço público e contra a PEC 32/2020

 

Sindjufe/MS

Durante a amanhã haverá uma atividade virtual em parceria com o SINTRAJUD, e a noite, às 18h30, haverá assembleia geral para discussão do texto da Reforma Administrativa com a categoria. Para  mais informações sobre a programação siga acompanhando as redes de comunicação do sindicato.

 

Sintrajuf/PE

O Sintrajuf-PE convoca a categoria a participar de um grande movimento virtual no Dia Nacional de Lutas, Protestos e Greve, amanhã, 24 de março. Estaremos disponibilizando em nosso site e redes sociais material para que servidoras e servidores possam se manifestar contra a reforma administrativa através da PEC32. Nosso principal objetivo é pressionar os parlamentares, cobrando uma postura em defesa dos serviços públicos.

Mude a foto do seu perfil de Facebook através desse link: www.facebook.com/profilepicframes/?selected_overlay_id=457243405192069

As servidoras e os servidores também podem imprimir este cartaz contra a reforma administrativa, e utilizar para fazer fotos e publicar nas redes sociais marcando o Sintrajuf-PE nas postagens. Aqui: https://bit.ly/2Pi7aDg e https://bit.ly/39bf1to .

 

 

FONASEFE

10h - ato de entrega da pauta de reivindicações dos(as) Servidores(as) e Empregados(as) Púbicos(as) ao ministério da Economia (Bloco B na Esplanada dos Minstérios)

18h - Ato Político contra a Reforma Administrativa (virtual) da Câmara dos Deputados, promovido pela Frente Parlamentar Mista do Serviço Público em parceria com o Fonasefe e contará com a participação de parlamentares, lideranças e representantes de entidades sindicais.

A transmissão será ao vivo feita pelo: https://www.youtube.com/c/CâmaradosDeputadosoficial. 

 

Frente Parlamentar Mista do Serviço Público

10h – Participa, ao lado do Fonasefe e de outras Entidades dos Trabalhadores e Trabalhadoras, do ato de entrega da pauta de reivindicações dos(as) Servidores(as) e Empregados(as) Púbicos(as) ao ministério da Economia.

18h - Ato Político contra a Reforma Administrativa (virtual) da Câmara dos Deputados, promovido pela Frente Parlamentar Mista do Serviço Público em parceria com o Fonasefe e contará com a participação de parlamentares, lideranças e representantes de entidades sindicais.

 

Lockdown Nacional

As Centrais Sindicais e as frentes Brasil Popular e Povo sem Medo mobilizam toda a classe trabalhadora nesta quarta-feira (24), para o Lockdown Nacional – dia de luta em defesa da vida, da vacina, do emprego e do auxílio emergencial de R$ 600 reais para desempregados e informais.

Ceará

Fortaleza: Serão colados em locais públicos os lambe-lambes com os preços dos alimentos, da gasolina e do gás de cozinha, conforme card em anexo.

Distrito Federal

Brasília: haverá colagem de cartazes em locais de grande circulação; carros de som circulando durante o dia e ação solidária com entrega de cestas básicas à população carente.

Mato Grosso do Sul

Campo Grande e cidades do interior: sindicatos colocarão carros de som pelos bairros, fixação de outdoors e faixas em locais de grande circulação, além e mobilização pelas redes sociais, denunciando o genocídio do governo de Bolsonaro e realizando um “memorial virtual” com nomes de trabalhadores falecidos, vítimas da Covid-19.

Minas Gerais

Belo Horizonte: haverá colagem de “lambe-lambe” (cartazes adesivos de pequeno porte) por toda a cidade, com o  mote “Bolsocaro”; carro de som nas periferias, com mensagens sobre o auxílio emergencial, a carestia e “Fora Bolsonaro”; colocação de faixas “Vacina para todos” em praças e locais de grande circulação; e mobilização pelas redes sociais.

Paraíba

João Pessoa: a CUT Paraíba circulará com carros de som reividincando “vacina já” para todos, em defesa do ausílio emergencial e em defesa da vida. Também será afixadas faixas em locais estratégicos. 

Pernambuco 

Ato acontece a partir das 10h na Ponte Duarte Coelho, no Centro do Recife.

Em seguida, caminhada em direção ao Palácio de Governo do Estado,  para protocolar um documento, com reivindicações da classe trabalhadora.

A ação é conjunta das centrais CUT, CTB, CSP-Conlutas, Força Sindical, Intersindical, UGT, Frente Brasil Popular, Frente Povo Sem Medo e Campanha Fora Bolsonaro.

Rio Grande do Sul

Porto Alegre: colocação de faixas em passarelas e viadutos, a partir das 6h30 e ato simbólico em frente ao Palácio Piratini às 10h.

São Paulo

Às 17h acontece a Plenária Popular Fora Bolsonaro. O evento será virtual e em defesa da vida, da vacina, pelo fortalecimento do SUS, dos serviços públicos, do emprego e do auxílio emergencial. a partir das 17h. Acesso pelo Facebook da CUT SP

Campinas: Live Solidária Campinas das 12h às 17h. O evento pelas redes sociais é uma campanha de arrecadação de alimentos e recursos financeiros para doação às famílias em situação de emergência. 
A live terá participação do médico sanitarista Pedro Torinho e vereadores do PT, PCdoB e PSol. 

Sergipe

Aracaju: protesto às 7h em frente à Prefeitura Municipal (Rua Frei Luis Canelo de Noronha) para denunciar os riscos de contágio nos transportes públicos.

A partir de 12h, a mobilização ocorre em frente ao Palácio do Governo, com revindicando ampliação do auxílio emeregencial.

À tarde, a CUT, centrais e frentes Brasil Popular e Povo sem Medo circularão com carros de som pelas ruas da capital sergipana.

Os protestos terão número restrito de manifestantes para respeitar o distanciamento social.

Categorias

Bancários

Sindicatos de bancários filiados à Confederação Nacional dos Trabalhadores no Ramo Financeiro (Contraf-CUT) colocarão carros de som nas ruas, spots em rádios, cartazes, “outdoor” e “busdoor”, além e atos nas agências bancárias para diálogo com a sociedade e com os bancários;

Também promoverão uma campanha solidária para arrecadar mantimentos (alimentos e produtos de limpeza) e roupas que serão destinados às populações em condição de vulnerabilidade nos munícipios que compõem a base dos sindicatos;

Os bancários ainda farão mobilização nas mídias sociais (Facebook, Instagram, Twitter e outras) e panfletagens em praças, terminais de ônibus, de trem e de metrô, com o uso de carros de som.

Educação

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) fará mobilização virtual a partir das 19h com a live “Programa Quarta da Educação – Lockdown Nacional”. Participam os dirigentes de sindicatos filiados a confederação.

Comércio e Serviços

A Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços (Contracs-CUT) orientou sindicatos filiados a promoverem panfletagens nas praças, terminais de ônibus, trem e metrô, com o uso de carros de som; atos simbólicos; audiências públicas e uso de redes sociais.

Metalúrgicos

A Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos da CUT (CNM-CUT) orientou seus sindicatos a usar da mobilização virtual com as pautas:

– Vacina para todos e todas gratuita, em defesa do SUS;

– Defesa da manutenção do auxílio emergencial;

– Denúncia do governo Bolsonaro como responsável pela estagnação da economia, pelas mortes e situação de calamidade que vive o setor da saúde. 

Para além das redes sociais, sindicatos colocarão nas ruas e portas de fábricas em várias cidades, carros de som com mensagens de conscientização.

Petroleiros

Sindicatos lighados à Federação Única dos Petreleiros (FUP) vão aderir  ao “Lockdown em Defesa Da Vida e dos Direitos”, fortalecendo as greves regionais que a categoria petroleira vem realizando desde o dia 05 de março.

Servidores

o Fórum de Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) alia ao Lockdown Nacional em Defesa da Vida, neste dia ao Dia de Luta do Funcionalismo.

Os servidores públicos já participaram de um seminário nacional do Fórum, nos dias 15 e 16, e destacam que as mobilizações, paralisações e greves são fundamentais para reforçar a importância da categoria, que tem atuado na linha de frente do combate à pandemia.

Está prevista para esta quarta-feira uma programação especial com um debate que será transmitido ao vivo pela TV Câmara, das 18 às 20 horas.

Transportes

A Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística (CNTTL) orientou suas entidades filiadas a a fazerem paralisações de duas horas durante o dia. Em Alagoinha, na Bahia, que a categoria fará paralisação de 24 horas. 

Os metroviários farão protestos nas estações de trem, sem aglomeração, e os agentes de trânsitos de São Paulo fiscalizarão de forma prioritária os locais de vacinação, para ajudar as pessoas que forem de carro a se vacinarem. 

O Sindviários (Sindicato dos Agentes de Trânsito do Estado de São Paulo) informa que a ação envolverá os trabalhadores e trabalhadoras da CET-São Paulo, EMDEC-Campinas, CET-Santos, TRANSERP-Ribeirão Preto, URBES-Sorocaba, além de outras.

 

 Luciano Beregeno, da Fenajufe (com informações das Entidades)

Veja ainda

  • Recorrente/ Brasil entra mais uma vez na lista da OIT de suspeitos de violar normas trabalhistas

  • Inteligência artificial e o Poder Judiciário

  • Resultado inesperado/ Júri condena policial branco que matou homem negro nos EUA

  • Fenajufe lança campanha contra a Reforma Administrativa em painéis de LED