Notícias

Artigos

Centrais e Reforma Trabalhista: dificuldades e enfrentamentos

O artigo procura responder porque o movimento sindical encontrou dificuldades para disputar os parâmetros da Reforma Trabalhista aprovada em 2017 no Brasil. Para isso analisa a estratégia das 2 maiores centrais sindicais (CUT e Força Sindical).

centrais reforma trabalhista

Na primeira seção, o artigo explora as mudanças nas práticas dessas entidades decorrentes da estratégia de parceria social adotada nos governos do PT.

Na segunda seção, o texto mostra como essas organizações têm seguido estratégias distintas no cenário pós-impeachment.

Considerando a interação entre contexto e estratégia sindical, argumenta-se que os efeitos do distanciamento do movimento sindical da realidade do trabalho no Brasil combinado a um contexto nacional marcado pela instabilidade política e econômica fizeram emergir grandes dificuldades de diálogo com a sociedade sobre os efeitos perversos da Reforma Trabalhista.

Eis o artigo completo

Diap

Veja ainda

  • Recorrente/ Brasil entra mais uma vez na lista da OIT de suspeitos de violar normas trabalhistas

  • Inteligência artificial e o Poder Judiciário

  • Resultado inesperado/ Júri condena policial branco que matou homem negro nos EUA

  • Fenajufe lança campanha contra a Reforma Administrativa em painéis de LED