Notícias

Notícias

Encontros da Fenajufe apontam a necessidade de união da Categoria para enfrentamento dos ataques a direitos

 

No último fim de semana o SINDIJUFE-MT participou da 2ª Reunião do Coletivo Nacional da Fenajufe de Analistas do Judiciário e do MPU (Conan), da 4ª Reunião do Coletivo Nacional da Fenajufe de Técnicos do Judiciário e do MPU (Contec) e do do 4º Encontro Nacional do Coletivo de Aposentados (Conap), promovidos pela Fenajufe em Brasília. A Servidora aposentada Mirtes Carneiro de Queiroz representou o Sindicato no 4º Conap, enquanto Matilde Silveira Carvalho foi a representante  no Conan, e o Servidor Walderson de Oliveira Santos, no Contec.

Conap

 

No 4º Conap, um dos destaques foi a participação do senador Paulo Paim (PT/RS), que presidiu a CPI da Previdência no Senado. Ele abordou sobre a CPI e a Reforma da Previdência. O evento teve como painelistas a advogada Araceli Alves Rodrigues,  que tratou da PEC 555 e da proposta de aumento da alíquota de contribuição previdenciária de 11% para 13%; o servidor aposentado e advogado do Sintrajud/SP Flávio Conrado Júnior, que falou sobre a PEC 56, referente à aposentadoria por invalidez do servidor do judiciário; e o assessor parlamentar Alexandre Marques, que abordou sobre a GAS (Gratificação de Atividade de Segurança) na aposentadoria e as dificuldades enfrentadas na tramitação de projetos de interesse dos servidores nas casas legislativas.

 

A advogada Araceli Rodrigues reforçou a necessidade da acompanhar os processos em andamento, pressionando pela melhoria da qualidade de vida dos aposentados do judiciário. Já o advogado Flávio Conrado Júnior, que trouxe questões voltadas à PEC 56, referentes à aposentadoria por invalidez do servidor do judiciário, apresentou dados referentes ao tema, apontando a diminuição do número de servidores da Categoria que se aposentaram por invalidez entre 2009 e os dias de hoje. O palestrante concluiu destacando que o tema merece ser mais aprofundado com atos e movimentos entre a Fenajufe e o Governo. E o Assessor Parlamentar Alexandre Marques fez uma abordagem sobre a  tramitação do projeto que culminou na lei 11.416/2016 instituindo a GAS para o Agentes de Segurança do PJU. O painelista relatou ainda as dificuldades enfrentadas na tramitação de projetos de interesse dos servidores nas casas legislativas.

 

Os aposentados enfatizaram, durante o 4º Conap, que eles são importantes nas lutas da Categoria que ainda estão por vir e que por isso precisam estar ativos no processo.

 

Contec

As atividades da Fenajufe continuaram no sábado, 3, e domingo, 4, com os encontros nacionais do Contec – Coletivo Nacional da Fenajufe de Técnicos Judiciários - e do Conan – Coletivo Nacional da Fenajufe de Analistas Judiciários. No Contec,  ao final dos painéis do primeiro dia foi concluído que o NS é urgente, necessário e vital à sobrevivência do segmento no conjunto das carreiras do PJU e MPU. Mobilizar ainda mais os sindicatos já ativos e trazer à ação aqueles que ainda resistem passa a ser uma prioridade. Nesse processo, a atuação da Fenajufe, apesar das críticas, foi avaliada como preponderante.

 

Conforme Oliveira, o evento foi muito proveitoso, começando pela boa direção dos trabalhos, feito pela mesa. "Tivemos uma produtividade excelente e se respeitou bem os horários. Ainda falta, porém, executar muita coisa daquilo que foi decidido no encontro anterior, que foi o 3º Contec, e a ordem agora, mesmo, é mobilizar toda a Categoria e, principalmente, o Distrito Federal, usando todos os meios possíveis para se chegar à ministra Carmen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal".

 

Para o representante do SINDIJUFE-MT no Contec,  agora não é hora de embates políticos, e sim de provocar o próprio STF, em busca de apoio para as causas dos Técnicos Judiciários. Ele disse também que o SINDIJUFE-MT foi bastante elogiado pela criação do Núcleo dos Técnicos e todas as ações que foram desencadeadas pelo Sindicato em prol da valorização dos Técnicos Judiciários, em função, sobretudo, das iniciativas de Jamila Abrão, que,  mesmo antes de ser presidente da entidade, articulou visitas a diversas instituições em busca de apoio para a criação do Núcleo e pelas causas dos Técnicos Judiciários.


 

Conan

 

Durante a 2ª Reunião do Coletivo Nacional da Fenajufe de Analistas do Judiciário e MPU ( Conan), predominaram as discussões sobre a necessidade de união da Categoria.Na primeira parte do encontro, após os informes dos coordenadores foi a vez dos sindicatos relatarem as ações desenvolvidas, trabalhos efetivos e percepção do que acontece com a Categoria dos Analistas pelos Estados.

 

Entre todos os posicionamentos apontados, o principal destaque foi a falta de mobilização dos analistas a buscarem os sindicatos para debater questões específicas. Várias observações foram levantadas, incentivando os sindicatos a se esforçarem mais na busca pelo segmento. Aproximar o Analista do sindicato como forma de fortalecer a unificação na categoria. Só assim se consegue efetividade no planejamento e execução das lutas.


Luiz Perlato/SINDIJUFE-MT (Com informações da Fenajufe)

06 03 2018

 

Veja ainda

  • REFORMA DO ESTATUTO/SINDIJUFE-MT retoma votação no TRE. Veja como foi a votação na JF

  • Servidores federais cobram negociação e resposta à pauta no Planejamento

  • Rumo a uma economia sem trabalhadores?

  • Organizações repudiam Temer por cancelar visita de especialista da ONU