Notícias

Notícias

Pesquisa - Sofrimento e Adoecimento no Trabalho do Judiciário e MPU

Caso você ainda não tenha participado da pesquisa de saúde Sofrimento e Adoecimento no Trabalho do Judiciário e MPU, pode fazer isso agora e aqui e em cerca de 20 minutos terá contribuído para uma base nacional de dados que contribuirá para políticas em defesa dos (as) trabalhadores (as).

 

Você está sendo convidado(a) a participar como voluntário(a) da pesquisa “Sofrimento e Adoecimento no Trabalho do Judiciário e MPU” proposta pela FENAJUFE e FENAJUD em parceria com o Laboratório de Psicodinâmica e Clínica do Trabalho da Universidade de Brasília (LPCT/UnB). Esta pesquisa tem o objetivo de investigar as relações entre trabalho e saúde dos trabalhadores  e será constituída da aplicação de questionários com perguntas de respostas fechadas e abertas. A participação na atividade tem duração estimada de 20 minutos.

Clique aqui para iniciar a pesquisa.

Em vídeo, a coordenadora da pesquisa, professora Ana Magnólia Mendes, do Laboratório de Psicodinâmica e Clínica do Trabalho da Universidade de Brasília (UnB), explica a dinâmica da coleta de dados. Veja AQUI.

Da Fenajufe

Veja ainda

  • REFORMA DO ESTATUTO/SINDIJUFE-MT retoma votação no TRE. Veja como foi a votação na JF

  • Encontros da Fenajufe apontam a necessidade de união da Categoria para enfrentamento dos ataques a direitos

  • Servidores federais cobram negociação e resposta à pauta no Planejamento

  • Rumo a uma economia sem trabalhadores?