Notícias

Notícias

SINDIJUFE-MT realiza assembleia virtual sobre a volta ao trabalho presencial na Justiça Federal a partir de 1º de julho

Como já é do conhecimento da Categoria, a Resolução  322/2020 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ)  e uma circular do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) preveem a volta ao trabalho presencial nos tribunais do Judiciário Federal a partir de 1º de julho, com a retomada integral dos prazos processuais nos processos eletrônicos e físicos, independentemente do agravamento da pandemia do coronavírus.

Mas, antes de tomar esta decisão,  a Seccional da Justiça Federal em Mato Grosso lançou uma pesquisa, e o Sindicato dos Servidores do Judiciário Federal no Estado (SINDIJUFE-MT) foi convidado pela Diretoria do Foro a participar com eventuais sugestões representando os servidores.

Confira aqui o inteiro teor do documento da JFMT ao Sindicato.

Estes foram os fatos que motivaram a Direção do Sindicato a uma decisão inédita: realizar a primeira assembleia geral extraordinária por videoconferência da sua história para consultar os servidores e definir um posicionamento da categoria a ser apresentado à Administração na próxima semana.

A assembleia aconteceu na tarde desta quarta-feira, utilizando a plataforma do Google Meet e com a participação do assessor jurídico, advogado Bruno Boaventura, além de Diretores  e funcionários do Sindicato mais os servidores.

O encaminhamento, aprovado por unanimidade, foi da realização de nova assembleia virtual com os servidores da Justiça Federal de Mato Grosso na próxima segunda-feira às 15h, e também foi aprovado que eles podem enviar sugestões por e-mail (sindijufe.mt@gmail.com) e via whatsapp (65-99918-6850) até domingo à noite.

Os dados eventualmente recebidos serão compilados pelo Sindicato e levados ao conhecimento dos participantes da assembleia de segunda-feira, lembrando que nesta data deverá ser definido um posicionamento da Categoria, considerando que na próxima quarta-feira as atividades presenciais já começarão a ser retomadas conforme a programação do TRF-1.

LUIZ PERLATO/DINDIJUFE-MT

Veja ainda

  • Medida sobre redução de jornada e salário na pandemia é sancionada

  • Governo diz que anunciará quatro grandes privatizações nos próximos três meses

  • Guedes anuncia a volta da CPMF (com outro nome) e o imposto sobre dividendos nas empresas

  • Mulher que atacou fiscal da Saúde no Rio é demitida de empresa