Notícias

Artigos

Técnicos Judiciários e os prejuízos oriundos da retirada da sobreposição

SINDIJUFE-MT publica artigo sobre retirada da sobreposição da tabela salarial dos Analistas Judiciários

Escrito por Mahatma Gandhi de Siqueira Campos Cantalice, Técnico Judiciário, servidor da JF/PB, graduado em Gestão Financeira, pós-graduando em Finanças Corporativas e Matemática e em Matemática Financeira e Estatística. Membro do Núcleo de Técnicos Judiciários do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário Federal no Estado da Paraíba (SINDJUF-PB). Coordenador do Coletivo Técnicos em Ação (TeA!). Professor de Matemática Financeira. Militante do movimento em prol da alteração do requisito de investidura no cargo de Técnico Judiciário do PJU, do nível intermediário para o nível superior, conhecido por “NS”.

No artigo, o autor faz uma retrospectiva da evolução da carreira de técnico, desde a retirada da sobreposição até os dias atuais.

Permeado com tabelas e cálculos, o autor navega pelos vários dispositivos legais que alteraram os planos de cargos e salários do PJU/MPU e retrata, em números, os prejuízos causados aos técnicos judiciários com a retirada da sobreposição.

CLIQUE AQUI PARA ACESSAR O INTEIRO TEOR DO ARTIGO.

O conteúdo do artigo publicado é de inteira responsabilidade do seu autor.

 

SINDIJUFE-MT

Veja ainda

  • Três Maracanãs lotados: o que significam 250 mil mortes por covid-19 no brasil

  • Pantanal começa a se recuperar, mas estragos são "inestimáveis", dizem ambientalistas

  • Senado aprova PL que autoriza compras de vacinas pelo setor privado

  • É preciso reinventar a PEC Emergencial e a Reforma Administrativa